Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
14.10.09

Tim Burton, Johnny Depp e companhia.

 

No mínimo promete.

 

 

Também gostei desta versão. :)

 

 

link do post texticulos, às 13:13  (1) | comentar

19.8.09

Nem sempre os filmes têem um final feliz e o protagonista ao invés de fazer de herói e ficar com a rapariga, acaba por morrer. Por exemplo o Will Smith já morreu duas vezes na tela, só não são três porque uma delas foi temporária, o Harrison Ford também conta com duas, apenas porque como Indiana Jones era "imortal". O George Clooney só não conta com seis porque afinal sobreviveu numa delas tal como o Robert Downey Junior por se ter matado numa alucinação,  já o Denzel Washington soma apenas seis porque fazer de fantasma ou de anjo aqui não conta.

 

A jogar noutra liga Dustin Hoffman bateu a bota nove vezes, uma delas nas mandíbulas dum crocodilo reanimado, Al Pacino também, tal como o Jack Nicholson, este com tendência para mortes horrivelmente violentas. O Brad Pitt faz parte deste grupo apenas porque num dos filmes voltou à vida como cartoon e no Fight Club nunca existiu, já o Johnny Depp, que não faz as coisas por menos, morreu nove vezes e meia porque volta à vida na sequela.

 

O Bruce Willis dá o último fôlego em onze filmes, em duas ocasiões às mãos da ex-mulher. Imbatível nesta lista está Robert DeNiro com 14 extrema unções. Que post sangrento.

link do post texticulos, às 12:24  (2) | comentar

29.7.09

Para quem está farto da ditadura de metros e quilogramas, deixo-vos novas formas de medição.




Sou um Johnny Depp sem estatuto.

 
O peso, não sei, talvez o de um ... leitãozinho, ok... prontos de um porco, pequeno. :)

 

 

link do post texticulos, às 13:37  (8) | comentar