Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
19.3.09

Ontem acrescentei um novo link na categoria de notícias para o Herald Sun, para assim ir seguindo o que se passa no estado australiano de Victoria.

 

Deixo aqui o link para uma reportagem especial sobre os incêndios, que ainda lavram por aquelas bandas, felizmente sem vítimas, daí também já não aparecer nas notícias.

 

Dêem uma olhada!

link do post texticulos, às 09:01  | comentar

6.3.09

Esta foto correu o mundo.

 

O bombeiro chama-se David Tree e o bicho chama-se Sam, tem perfil no facebook e está a recuperar de queimaduras de terceiro grau no Southern Ash Wildlife Shelter.

 

 

Para mim, nesta fotografia ficou gravado o distinto espírito de empátia australiana.

link do post texticulos, às 18:09  (4) | comentar

4.3.09

 

Picture taken by someone from the Doncaster shopping centre the night I arrived in Melbourne.

 

My deepest sympathy for those affected by the fires.

link do post texticulos, às 10:06  | comentar

25.2.09

À hora de almoço, inevitávelmente a conversa passou pela minha viagem e pelos fogos no estado de Victoria. Contei o que por lá vi e o contacto com uma das famílias que quase tudo perdeu, mantendo intacta a dignidade.

 

De permeio alguém comenta na mesa "É f#did#! Antes de ontem também me abriram o carro e roubaram a playstation do miúdo!". Muitos de nós nunca terão de enfrentar os desafios que estas pessoas tem pela frente, e também nunca atingirão o seu grau de resiliência, humanidade, inteligência até.

 

Nem sequer vou tecer mais comentários, antes que começe a ser maleducado com tamanha mesquinhez.

link do post texticulos, às 16:21  (2) | comentar

Cheguei a Melbourne no agora conhecido Black Saturday, senti-lhes o temor e conheci uma família que quase tudo perdeu, sobrou a roupa, as fotos de familia e meia duzia de tarecos, fogos que ainda ardem e nos próximos dias com o aumento da temperatura puderão piorar. Reencontrei mais do que um amigo, um cúmplice e a sua nova família, amigos e realidade. E está bem entregue!

 

Em Cairns tive a tortura de partilhar o upper deck do barco, três dias sob um sol abrasador, com uma norueguesa em bikini cuja sequência genética foi copiada da Anna Kournikova, quiçá até no talento para o ténis. Na água, apanhei o susto duma vida quando me cruzei com um dentuças de pontas brancas e nunca a expressão "um olho no burro e outro no cigano" me fez tanto sentido, mas afinal até era um bicho porreiro. Longe!

 

Por fim Sydney, reecontrei o meu mais brilhante pequeno gafanhoto a quem ensinei o wax in... wax off... das minhas "artes" na Cidade do Cabo à uns anos atrás. Foi divertido e quem sabe se abra alguma oportunidade laboral. A visita à Opera House é também um momento que não esquecerei, a beleza e o significado do edíficio e a sua envolvente são um fascínio.

link do post texticulos, às 11:30  (4) | comentar