Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
15.1.10

"Everyone wants to be as confident as a supermodel. After all, the ladies can strut down a runway in front of editors and celebrities, pose in next to nothing, and travel around the world, making new cities their home all the time."
 

 

"... From the simple acts, like remembering to smile no matter how hard the day’s been, to the more difficult, like appreciating another women’s beauty rather than being jealous, you’ll find that supermodel-style confidence really is only a few steps away."

 

E com isto ficámos a saber ao suplício a que foi poupado o menino Roddick no primeiro encontro. :-)

 

 

link do post texticulos, às 16:10  | comentar

2.12.09

Ouve quem me expressasse o desagrado pelo grotesco uso de animais da medicina da antiguidade, que é aflorado no post Terapêutica tibetana.

 

Para a menina afectada pelo uso de bichezas e afins, eximo-me de fazer qualquer comentário, aviso apenas os estômagos mais frágeis que este link explica a proveniência e conteúdo de alguns tratamentos e produtos de beleza bem modernos, anti-rugas e anti-envelhecimento, etc. E não é bonito.

 

 

Quanto a isto estamos conversados. :P

 

 

link do post texticulos, às 12:00  (1) | comentar

13.7.09

Ou faz parte dum freak-show e aí consigo entender.

 

Caso contrário que ilusão ou coisa que o valha leva estas senhoras a participarem num concurso de sósias da Marilyn Monroe.

 

 

E eu sei o que é ser confundido com um famoso da nossa praça! :)

 

 

link do post texticulos, às 09:01  (7) | comentar

11.5.09

Maltinha houve que ficou abespinhada com o post Momento National Geographic, um atentado à individualidade, à modernidade e independência, à autencidade feminina, dizem-me.

É verdade! E concedo! Não existem mulheres feias! As há bonitas esforçando-se muito, também as há que atingem o objectivo sem grande esforço e por fim aquelas que não se esforçam nada, mas deviam.

E para estas últimas que trocaram o cerébro por uma gaveta de facas, tornando qualquer tipo de conversa numa desagradável limpeza clínica do discurso e numa luta travada de razões, "Vão chatear o Camões!".
 

 

link do post texticulos, às 16:16  (2) | comentar


eXTReMe Tracker
 
federação