Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
29.1.10

Então é assim; Será que a Justine Henin, sem raking mas com muito ténis vence a Serena Williams, mantendo a tradição de a americana apenas vencer em Melbourne em anos ímpares. ou a Serena dá um correctivo na belga por a ter abandonado a dominar o circuito; E será que o Andy Murray vai mostrar ao Roger Federer, que lá porque o Nadal não está presente para defender o título, que terá a tarefa mais facilitada, ou o Federer vai mostrar a 'arte de bem volear em todo court'.

 

مصر‎  يلله (iála masr) Vamos Egipto!

 

Parabéns à Michelle Larcher de Brito, que completa hoje 17 anos.

 

 

link do post texticulos, às 14:00  (2) | comentar

21.8.09

silhouetted_along_ridge_with_lone_and_ancient_Baobab_tree

 

 

Atravessando a fronteira da África do Sul para o Botswana e ultrapassado o rio Limpopo fica o Parque Mashatu, a "terra dos gigantes", de terrenos pantanosos, planícies, florestas e montanhas, entrecruzadas de velhos caminhos trilhados por gerações de elefantes durante milhares de anos. E depois também há impalas, zebras, babuínos, girafas, leões, hienas e muito mais.

 

elephant_up_ahead

 

Tudo isto parece idílico até anoitecer sob céu pontilhado de estrelas sempre sem perder de vista a espingarda, mesmo enquanto se dorme. É um previlégio amanhecer. E enquanto se escovam os dentes, abre-se a boca até às orelhas, os olhos saltam das órbitas ao reparar no chão em pegadas frescas de gatos crescidos e dentuça afiada, encontrando subitamente a motivação suficiente para correr mais rápido que o Usain Bolt.

 

Hans_Rey_riding_with_deer

 

Nestas brincadeiras as regras de ouro são silêncio e nunca se afastar do grupo, aqui a realidade morde e rapidamente se entra na cadeia alimentar.

 

rider_meets_giraffe
 

Bom fim-de-semana, divirtam-se sff...

 

 

link do post texticulos, às 15:53  (1) | comentar

11.8.09

 

 

Emmanuel Jal é sudanês e sofreu em criança mais do que qualquer ser humano merece e fez também sofrer os outros para sufocar a sua dor e desejo de vingança, felizmente a vida mudou e é agora filho de outra guerra. Hoje canta a alegria, a vida e a humanidade. 

 

Os "jovens leopardos" hoje pedem educação, sendo um dos exemplos mais tocantes o de William Kamkwamba que construiu um moinho de vento para produzir electricidade para casa onde vive com os seus pais no Malawi, a partir dum esboço que viu num livro duma biblioteca ambulante.

 

Esta energia e aspiração são os motores da inovação e mudança que é necessária.

 

 

link do post texticulos, às 16:13  (1) | comentar


eXTReMe Tracker
 
federação