Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
26.5.09
Este post é dedicado à rapaziada que tem ideias de ir mergulhar mas ainda não o vi molhar o traseiro e para a raparigada que está cansada de contar ladrilhos! :)
 

 

 

Estas fotos foram tiradas em Ras Abu Gallum(Cabo do Avô Gallum, na minha tradução), numa gloriosa manhã de Dezembro.

 

Depois de ultrapassada a ansiedade com a mecânica da coisa, que é menor em cada mergulho, com o BCD, o regulador e as barbatanas e atingida a "flutuação" dentro de água, o peso deixa de ser sentido e adquire-se uma mobilidade nova, ainda que limitada em comparação com o resto da bicharada. O resto só mesmo estando lá no fundo, naquilo que muitos referem como "voltar ao útero", que pode não ser a imagem mais bonita mas que eu assino por baixo!

 

 

link do post texticulos, às 18:18  | comentar

De Sayuri a 26 de Maio de 2009 às 21:45
LOLOLOL
Obrigada pela parte da dedicatória que me cabe! De facto, é bem diferente do que estar a contar ladrilho numa piscina: nada a ver!!
Mesmo assim, acho que não me apanham debaixo de água com o 'escafandro'...Belas fotos! (que eu nunca conseguiria tirar, pois estaria muito preocupada em segurar a cena dos botões para encher o colete :)

De texticulos a 27 de Maio de 2009 às 10:03
Como tudo na vida, primeiro estranha-se depois entranha-se! :)

eXTReMe Tracker
 
federação