Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
19.5.09

O palavrear agressivo e ameaçador daquela professora é atroz e dúvido que cumpra algum parametro pedagógico. E nem sequer vou comentar o contéudo, que é um maná.

 

Talvez me exceda no rigor, mas outras gravações de conversas privadas "igualmente" reveladoras não surtiram acções tão rápidas quanto claras e formais! Mas isto sou eu que sou parvo, desculpem lá!


Ao almoço assisto na televisão à orgia voyeur da entrega da menina russa à mãe biológica. Era necessário esta brutalidade? Anteriormente, no caso Esmeralda já o mesmo se me tinha suscitado! Não haveria um sítio onde esta transferência pudesse ter sido realizada com maior recato?
 

 

link do post texticulos, às 15:56  | comentar

De Fulano a 19 de Maio de 2009 às 18:54
Pois eu acho muito bem que tenha sido público e transmitido pela TV. Para que toda a gente saiba como se resolve um assunto daquela ordem. A transferência feita em maior recato era menos dolorosa? A transferência não deveria ter sido feita DAQUELA maneira quer fosse em público ou em privado. As leis podem ser cegas não têm talvez que ser cumpridas ÀS CEGAS. Não é preciso ser doutor para INTUIR uma maneira PROGRESSIVA de realizar uma transferência de poder parental.

De texticulos a 19 de Maio de 2009 às 20:06
Não deixo de concordar consigo que a entrega progressiva da criança ser solução para estes casos, até mesmo porque neste específico seria impratícavel visto que a mãe da criança, ao que julgo saber, está impedida de voltar a Portugal. Agora fazê-lo na rua no meio daquele aparato medíatico não me parece estar de acordo com os tão falados superiores interesses da criança. Apenas isso!

De Sayuri a 19 de Maio de 2009 às 20:51
Perdi o video, tenho que o ir ver a bestialidade da coisa; quanto à menina russa é materia para noticia à la portuguesa...

eXTReMe Tracker
 
federação