Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
6.5.09

Adaptando um post do deep friar.

 

Evitar restaurantes onde se paga um valor fixo para se comer que nem um porco; Denunciar às autoridades quem fizer fumeiro; Depois de manipular presunto ou outra parte do porco, mergulhar os braços em lixívia até aos ombros; Evitar eventos familiares, um Bar Mitzvah ou o Ramadão, por exemplo, são seguros; Praticar sexo seguro com porcos (este é só para o sapo Cocas!); Todos quantos tossirem ou forem vistos a puxar dum lenço devem trazer consigo um badalo que devem tocar a cada vinte passos enquanto gritam "Porco!! Porco!!"

 

Troque-se uma mão cheia de mortes pelos milhões que todos anos morrem vitímas da tuberculose, malária, sida, etc.

 

 

link do post texticulos, às 13:00  | comentar

De alexandra a 6 de Maio de 2009 às 13:40
Adorei o do Cocas...

De texticulos a 6 de Maio de 2009 às 13:52
Pois... mete sexo... né safada!! :D

De alexandra a 6 de Maio de 2009 às 13:53
Por que tipo de tarada me tomas?

P.S.- Essa Juckebox obrigou-me a ouvir o Today até ao fim... :-)

De texticulos a 6 de Maio de 2009 às 13:57
Nenhuma em especial!? :)

Já alguém me disse que por causa duma salsinha tinha de carregar o "porco" inteiro!

eXTReMe Tracker
 
federação