Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
4.3.10

Desenho: "Duas pessoas cruzam-se na rua, uma delas tropeça e cai, a outra faz um comentário", esse comentário pode ser literal ou não-literal e em ambos os casos dirigido à pessoa(sarcástico) ou à situação(irónico), dentro de outras possibilidades. Os infantes no pré-escolar compreendem a diferença entre literal e não-literal, principalmente quando um é o oposto do outro, mas não distinguem o sarcasmo da ironia, quando crescem, algures antes da puberdade, já distinguem a diferença mas não a conseguem explicar. Muito antes de tudo isto os petizes sabem muito bem o que são lítotes e hipérboles.

 

A maioria das coincidências não são ironias e existem não tão ligeiras diferenças, dicotomias (pessoa/coisa, ser/ter, apenas para citar duas) que saltam quânticamente na argumentação/reflecção. Termino por aqui que já estou farto de ous e barras.

 

 

Quando cresceres logo te explico a diferença entre o justo e o certo. Se mereceres! :)

 

 

tags:
link do post texticulos, às 18:00  | comentar

eXTReMe Tracker
 
federação