Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
22.1.10

Homem espalha violência num espaço de trezentos metros e perde testículos com tiro de PSP. Cresci a dois passos destes trezentos metros, menos até, ao segundo já os estaria a percorrer. Existiu em tempos um espaço verde com oliveiras, onde a rapaziada jogava à bola, andava de skate e pedalava a bicicleta, depois foi cedido pela câmara para a construção dum posto de abastecimento de combustíveis, primeiro duma empresa japonesa, para nós será sempre a referência, nunca a da companhia espanhola e antes dela de outra firma francesa. No lugar da farmácia existia um terreno baldio e por trás dele a horta do alfaiate, no outro lado da estrada ficava a frutaria da Carmita. Toda esta façanha terminou no jardim duma vivenda, que outrora tinha um supermercado no rés-do-chão, propriedade dum casal emigrado em França. Lembro-me de uma vez, ter lá passado uma boa parte da tarde, à procura nas prateleiras dum vaso para oferecer de prenda de aniversário à minha mãe. É uma geografia emocional diferente.

 

Fico sensibilizado com a separação abrupta daquela anatomia, tão íntima. Por estes dias andará, por lá, alguém à procura das joías de família. Foi mais forte que eu! :-)

 

 

Sei que ficaram algures por aqui.

 

Adenda mordaz de um blog vizinho, espectáculo! [Link]

link do post texticulos, às 14:00  | comentar

eXTReMe Tracker
 
federação