Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
18.1.10

Já saltitam bolas junto das margens do Yarra e começou a quinzena de noites curtas.

 

Recordei o passeio por Melbourne à quase um ano. Acabadinho de chegar à Flinders Station, procurei um ATM para verificar se o cartão de crédito funcionava naquelas paragens(paranóia minha após as perípecias de Estocolmo) para depois procurar uma loja de telemóveis e comprar um cartão de telemóvel local, de seguida rumar ao Flinders Park, onde tirei esta foto. Primeiro objectivo atingido! Depois foi andar, andar e andar pelas ruas desta cidade fantástica. Das muitas recordações que me ficaram marcadas na memória, destaco a dor de pés de tanto andar e o almoço no Villa Romana, na Lygon St(aconselho o Creme Brulee, divino!). Haveria ainda muito para contar, mas hoje não tenho tempo. :)

 

 

Desculpem lá o barulho, vizinhos! Tiveram de ouvir a Maria Sharapova a berrar pela noite dentro.

 

 

link do post texticulos, às 14:00  | comentar

De Nojita a 18 de Janeiro de 2010 às 16:18
Não precisares de escrever a viagem à Austrália para dizeres que tiveste uma russa aos gritos esta noite passada em casa! Ouviu-se na Amora!!!!!
Houve quem acordasse prós lados de Lisboa! E mais não digo!
:D

De texticulos a 18 de Janeiro de 2010 às 16:22
Temos aqui uma des-concordância de verbo, não é tiveste, é assististe! :P

eXTReMe Tracker
 
federação