Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
21.12.09
“Vê do Benomotapa o grande Império,
Da selvática gente, negra e nua,
Onde Gonçalo morte e vitupério
Padecerá, pola Fé santa sua.
Nace por este incógnito Hemispério
O metal por que mais a gente sua.
Vê que do lago donde se derrama
O Nilo, também vindo está Cuama.”
Canto X dos Lusíadas, nº93´

 

O Gonçalo de que fala Camões trata-se dum missionário jesuíta português em terras de África e protomártir da África Austral, D. Gonçalo da Silveira, filho dos Condes da Sortelha e irmão de D.Álvaro da Silveira, capitão da Índia, nasceu em Almeirim a 23 de Fevereiro de 1521 e foi martirizado no Monomotapa a 15 de Março de 1561. Dá nome a uma fundação cuja missão é contribuir para o desenvolvimento humano integral, em especial nas comunidades mais desfavorecidas dos países lusófonos, principalmente através do apoio às missões jesuítas, e também pela sensibilização para uma sociedade mais comprometida.

 

Onde trabalho, pelo Natal, os colaboradores recebem prendas simbólicas, partilhando o dinheiro normalmente investido em prendas no apoio a instituições de solidariedade. Nos anos anteriores foram as crianças internadas no IPO de Lisboa, os Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal e a Associação Promotora do Ensino dos Cegos. Este ano foi esta fundação num projecto que visa construir 3 escolas em Matacuane, Moçambique. Feliz Natal.

 

 

link do post texticulos, às 16:00  | comentar

eXTReMe Tracker
 
federação