Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
27.10.09

Não é nada de especial, ainda assim a expressão "Temos pena" ressuscita-me o neurónio solitário e moribundo que trago na caveira.

 

Pior que ouvir um qualquer jogador da bola a falar de si próprio na terceira pessoa do singular, é ouvir alguém, ao invés, usar a primeira do plural, aqui o caso passa de palermice a psicótico.

 

No mínimo deveria constituir a compulsividade de participar num grupo de Auto-Ajuda de saúde mental e Carbamazepina três vezes ao dia, antes das refeições. E ao fim de seis meses uma reavaliação por uma junta médica.

 

 

link do post texticulos, às 16:00  | comentar

De Blogadinha a 27 de Outubro de 2009 às 18:24
Acho que o primeiro caso é bem mais irritante.

Se pensares em termos de personalidade dupla, os "dois últimos" sempre gozam das concordância e harmonia.

É uma estupidez saudável.
Ainda que em dose dupla... :)

De texticulos a 27 de Outubro de 2009 às 18:36
Neste caso o pior mesmo seria usar a terceira do plural! :)

De Blogadinha a 28 de Outubro de 2009 às 17:09
Não, se fores tu a dizê-lo.
Imagina qualquer sugestão do género:

- Eles vão ver se chove. Tu não quer ir?

Para o segundo caso (ou o dito plano B...):

- Eles vão ver se chove. Nós também vai!!


De ianita a 27 de Outubro de 2009 às 19:47
O "temos pena" uso muitas vezes mesmo. Mas normalmente com pessoas que tentam passar-me por parva.

O plural majestático é giro :) e também o uso... digo "nós ganhámos", quando falo do Benfica :)

Relaxa.

Beijos

eXTReMe Tracker
 
federação