Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
14.8.09

Tenho pena de não me recordar de todos os pormenores desta história já antiga, mas é sem dúvida uma das melhores histórias que já ouvi. Espero que gostem.

 

"A Mariana, uma rapariga de 18 anos séria, honesta e virgem casou com o Jacinto, alguns anos mais velho. Viveram completamente felizes(assim julgava ela), ficando viúva quando tinha 24 anos. Jurou não mais esquecer o Jacinto, não havia outro igual, seria incapaz de partilhar o leito com outro homem. Se aos 18, Mariana era linda, agora era um portento de mulher e logo surgiram vários pretendentes, que foi recusando respeitando a sua memória do falecido.

 

Até que um rapaz lá do bairro, também ele já viúvo e inconsolável a comoveu, conheceram-se, partilharam mágoas e acabaram por se casar. Na noite de núpcias, antes de se deitarem, ela teve uma hesitação e pediu para ir à janela fazer uma oração pelo Jacinto, o agora marido acedeu embora desconfiado, não quis estragar a noite antes dela ter começado. Ela rezou, deitou-se e 'consumou-se o casamento' , pausa. E ela pede ao marido para ir de novo à janela, ele começava a não gostar destas idas à janela, mas sempre poderia ganhar fôlego. E ela lá foi, abriu a janela de rompante e erguendo para o céu com impúdica altivez a exuberante beleza dos seus seios nús, exclama: 'Jacinto. Vai à barda merda!!!...'"

link do post texticulos, às 15:09  | comentar

De Nojita a 14 de Agosto de 2009 às 16:35
"Rei morto, rei posto!"

:D

De MARIA a 16 de Agosto de 2009 às 02:40
...Assino por baixo! Que se Lixem todos os Jacintos da minha vida e do mundo inteiro!!!!!
Clítoris não é uma bebida exótica, nem uma zona algures no peritoneu!!!!...e orgasmo até pode ser um cocktail, mas bolas! vai para bordo da merda Jacinto!!!!!!!!

eXTReMe Tracker
 
federação