Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
24.7.09

 

 

A artista Alida Rosie Sayer leu o livro de ficção científica "Matadouro 5" de Kurt Vonnegut e inspirou-se na concepção de tempo dos extra-terrestres do livro, em que estes visualizavam o tempo no passado, presente e futuro ao mesmo tempo.

 

"Conheci" Vonnegut através dum outro livro "Barba-Azul", uma auto-biografia do pintor Expressionista-abstracto Sarkis Karabekian, que me agarrou logo no primeiro parágrafo com "(...) eu prometi-lhes uma auto-biografia, mas algo não correu bem na cozinha." E descobri um conjunto de personagens que como nós deambulam pela ironia e o absurdo em que se pode transformar as nossas vidas. Este ousado escritor merece ser lido .

 

"Those who believe in telekinetics, raise my hand"
-Kurt Vonnegut

link do post texticulos, às 16:04  | comentar

De Nojita a 4 de Agosto de 2009 às 15:03
Tirei nota e vou à procura!
:)

eXTReMe Tracker
 
federação