Textículo (*) s. m., texto ridículo; texto pequeno. (* não existe no dicionário)
Aventureiro introvertido; Sensível idiosincratico; Conversador tranquilo; Solitário na multidão; Dedicado desregrado;
texticulos@sapo.pt
29.9.09

 

A cortesia levou uma valente talhada desde que a galinhagem urbaneira tomou a liberdade de fazer à mesa as mesmas conversas que antigamente tinha quando ia junta à casa de banho. Nada como estragar um agradável serão com uma descabelada troca de argumentos.

 

Gozar com os homens é divertido e libertador, o contrário é misógino; As mulheres exigem igualdade na partilha das tarefas domésticas, o que consiste em ditar o que fazer, como é feito e na altura em que elas pretendem; Elas detestam ser tratadas como objectos e no entanto exibem os namorados/companheiros/dates/etc... como troféus de caça.

 

Entretanto segurei o copo de imperial e retirei-me estrategicamente antes da borrasca se tornar indomável. Sei que ainda houve mais uns quantos argumentos.

 

 

link do post texticulos, às 15:55  | comentar

De Margalhos a 29 de Setembro de 2009 às 16:45
Mas porque raio não continuam a escrever nas paredes e portas das casas de banho.
Será um problema de literacia ou de pudor?

De texticulos a 29 de Setembro de 2009 às 16:58
Nem um nem outro! :D

De Nojita a 29 de Setembro de 2009 às 17:09
Não faço ideia do que falas... mas... gostei da parte da retirada estratégica! Funciona sempre quando a audição selectiva começa a falhar.
:D

De texticulos a 29 de Setembro de 2009 às 17:15
Sair de fininho é uma arte!!

De Margalhos a 29 de Setembro de 2009 às 17:35
Divided to conquer - já dizia Bonaparte!!
Largas a bomba e nem contas até 10 - Artista :)

De texticulos a 29 de Setembro de 2009 às 17:38
Eu não tive nada a ver com o assunto, nem levantei lebre nenhuma.

De Margalhos a 29 de Setembro de 2009 às 17:41
Claro, claro...
Tal como também ninguém foi responsavel por alguém uns anos atrás ter sido atado a uma árvore e ficado a ver as chamas á volta a aproximarem-se.
E por que raios haverias de levantar uma lebre? Agora deste em criador de bichos?

De texticulos a 29 de Setembro de 2009 às 17:44
A culpa disso foi do coelho da Páscoa. :D

De Margalhos a 29 de Setembro de 2009 às 17:47
Passas da galinhagem urbaneira para o coelho da Páscoa. Estás mesmo numa de abrir um aviário!!
Cuidado, não vão os ovos não te caberem-te todos no cesto :D

De Rice Man a 29 de Setembro de 2009 às 22:21
"Sei que ainda houve mais uns quantos argumentos." :D

Desde quando é que copos a voar constitui um argumento? :P (Isto porque consigo imaginar a cena a descambar)

De texticulos a 30 de Setembro de 2009 às 10:15
Quase não andou longe. :)

De Sayuri a 29 de Setembro de 2009 às 22:55
Nada como uma boa tensão alheia! :)

De texticulos a 30 de Setembro de 2009 às 10:15
Tem dias!

eXTReMe Tracker
 
federação